segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Sou essa imensidão toda

Sabe o que eu mais gosto em mim?!?
Ser euzinha mesma!!!!
Essa criatura com formiga carpinteira, inquieta, imediatista, indecisa, impulsiva dentre outro monte de coisa com i (idiota nao!!!)...
Tenho um pouco dessa gente que faz alguns planos, sim...e se frusta muito quando não dão certo...
Mas o que eu gosto mesmo, é do improviso....
Nele eu me jogo, de corpo e alma, aposto todas minhas fichas.
Me frusto as vezes também, afinal, com planos ou sem planos, as vezes as coisas dão errado, e isso vai além do nosso controle.
Agora, independente se planejado ou de improviso, gosto de intensidade, movimento, dinâmica!!!
Que seja tudo que tiver de ser!!!
Não quero nada pela metade.
Não gosto nem preciso de meio termos.
Detesto coisa morna, mediana, cotidiana...
Quero cada sentimento, cada vivência em sua totalidade e complexidade.
Dentre 8s e 80s.. Um universo de combinações e incontáveis possibilidades.
Sabe...
Eu gosto de ser... e prefiro ser...
Essa metamorfose ambulante?!?
Também!... Mas não é isso que ia dizer..
Eu gosto de ser... e prefiro ser...
Essa imensidão toda!!!!
Esse tudo ou esse nada.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

We can do it

É diante das adversidades, não suas, mas das pessoas com as quais você se importa, que você descobre que pode suportar além do que pensava...
Quando você sente sua força se esvair, você toma um longo e profundo fôlego, joga uma água na cara e se agiganta para caminhar ao lado, ou muitas vezes, levar nas costas, aquele ao qual estima.
Quem se identificou com o exposto acima sabe que na pratica isso não eh tao fácil quanto soa... 
Nenhuma muralha eh impenetrável, todos temos nossas fraquezas, por mais forte que tentemos parecer.
Honestamente, hoje eu só queria um canto escuro e solitário pra chorar!
Chorar todas as incertezas, todos os medos, todas as verdades, todo o grito silenciado, toda ansiedade, toda culpa, chorar o sentimento de impotência ...
Mas esta tudo bem, amanha eh um novo dia.... e tudo vai dar certo!
Boa noite!

Notas sobre mim...

Sabe o que eu mais gosto em mim?!?
Ser euzinha mesma!!!!
Essa criatura com formiga carpinteira, inquieta, imediatista, indecisa, impulsiva dentre outro monte de coisa com i (idiota nao!!!)...
Tenho um pouco dessa gente que faz alguns planos, sim...e se frusta muito quando não dão certo...
Mas o que eu gosto mesmo, é do improviso....
Nele eu me jogo, de corpo e alma, aposto todas minhas fichas.
Me frusto as vezes também, afinal, com planos ou sem planos, as vezes as coisas dão errado, e isso vai além do nosso controle.
Agora, independente se planejado ou de improviso, gosto de intensidade, movimento, dinâmica!!!
Que seja tudo que tiver de ser!!!
Não quero nada pela metade.
Não gosto nem preciso de meio termos.
Detesto coisa morna, mediana, cotidiana...
Quero cada sentimento, cada vivência em sua totalidade e complexidade.
Dentre 8s e 80s.. Um universo de combinações e incontáveis possibilidades.
Sabe...
Eu gosto de ser... e prefiro ser...

Essa metamorfose ambulante?!?

Também!... Mas não é isso que ia dizer..

Eu gosto de ser... e prefiro ser...
Essa imensidão toda!!!!

Sentir-se

tem horas que bate uma tristeza tão grande
eu não sei o que fazer e nem pra onde ir
É tanta coisa que eu queria dizer
mas não tem ninguém para ouvir
então choro sem ninguém ver... 
Eu choro...
E aos poucos vou aprendendo que não há vergonha nenhuma nisso.
E que a fraqueza está, não em quem chora, mas em quem insiste em viver isentando-se de sentir!

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Dentro de um abraço

Sou muito grata pelos braços, mãos, pés e sorrisos que me cercam!!! 😃
Os braços que me abraçam e que me apertam...
Os braços estendidos que me tiram do chão...
A mão que me acarinha, que me transporta daqui...
A mão que me bate as costas e me impulsiona a seguir em frente...
Os pés que trilham o caminho ao meu lado...
Os pés que pulam e voam comigo quando tudo parece errado...
Os sorrisos que me tiram as lágrimas, que me elevam a alma, que tornam a vida mais leve
Os sorrisos que me fazem lembrar que, por mais difícil que q vida possa estar, ainda há esperança...

"O melhor lugar do mundo
É dentro de um abraço
Pro mais velho
Ou pro mais novo
Pra alguém apaixonado
Alguém medroso

O melhor lugar do mundo
É dentro de um abraço
Pro solitário ou pro carente
Dentro de um abraço é sempre quente

Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço a gente encontra

No silencio que se faz
O amor diz compromisso
Oh baby, dentro de um abraço
Tudo mais já está dito

O melhor lugar do mundo
É aqui, é dentro de um abraço
É tudo que não maciou
É tique-taque dos relógios
Se faltar a luz
Fica tudo ainda melhor
Seu rosto contra o peito
Dois corpos num amasso
Os corações batendo juntos
Em descompasso

Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço a gente encontra"

https://youtu.be/IUO-o_Bg8AY

Sobre viver...

Se joga, sem medo!
Se machucar, a gente cura.
Se não tiver cura,
A gente procura...
E se não achar,
Também não se amargura,
Nunca se sabe o que vem depois da curva!

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

"Coraji" e fé

Hoje acordei pensando:
Seja forte!
Ao abrir os olhos
Me faltou "coraji"
Com toda licença poética que a gramática me permite.

Mas que coisa é essa de ser forte?
Ser forte pra que?
Ser forte por que?
Ser forte pra quem?
E de onde tirar essa força?

Se alguém souber as respostas
Por favor, pronuncie-se antes que eu me ponha a devanear!

Alguns arriscariam dizer que ser forte é ser racional
Abster-se de sentimentos, que é o que nos enfraquece
Outros ousariam dizer que é não se importar com nada
Alguns diriam, ainda, que é erguer a cabeça, estufar o peito e sair pra vida!
E os mais devotos, acredito eu, resumiriam a fé!

Acho que, em um contexto geral, somos fortes na frente dos outros.
Seja por orgulho ou por zelo.
Somos fortes perante a sociedade em geral para não admitir as nossas fraquezas.
Somos fortes na frente daqueles com quem nos importamos
Pois sabemos que as nossas dores acarretam dor aqueles que nos amam.

Mas entre 4 paredes...
Entre 4 paredes, meu amigo, a fortaleza rui.
Só Deus sabe o que se esconde por trás de cada muralha.
E só Ele é capaz de mensurar a dor que cada um de nós carrega no peito.
E nos dar a tal força necessária para seguir nossa caminhada terrena.
Minha vó costuma ter um ditado para rebater as minhas lamúrias:
"Deus não dá uma cruz mais pesada do que possamos carregar"
Acredito que, há um pequeno erro nessa lógica:
Deus não dá a cruz! Ele nos ajuda a suportá-la!

E se você não tem fé, como é que se enche de força?
Talvez isso não tenha nada a ver com Deus!
Talvez seja intrínseco do ser humano.
Alguns vêm com mais, outros com menos.
Mas de qualquer forma,
Não credito que essa tal força seja plena.
Em algum momento a gente "bambeia"
Acho que ela deve ser tipo um Mana*
Que aumenta conforme você evolui as skills**
E se for isso, passo a entender quem diz
"A vida me ensinou a ser forte"

Comecei esse texto achando que esse negócio de "Seja Forte"
Era papo de gente que quer esconder as coisas debaixo do tapete.
Terminei achando que todos nós já nos encontramos precisando de forças em algum momento.
E independente de onde ela venha, faz-se necessária.
Não para esconder as coisas embaixo do tapete, mas para tirá-las de lá.



*Mana ou MP é um termo usado em jogos RPG. Representa o poder ou a força interna de um ser vivo ou objeto inanimado. Inspira-se nas crenças polinésias, segundo as quais Mana é a energia mágica do mundo.

**Skills significa habilidades ou capacidades